Quem sou eu

Minha foto
Mulher feminina autentica, Não tenho a intenção de me esconder somente não vou me poupar de palavras .

domingo, 6 de fevereiro de 2011

chapeu de mel "conto real"

Ela vinha pela estrada bem contente sem doces mais com um cheiro de mel que exalava ao longe que atraia lobo mau.
Depois de passar uma trilha bem longa e atravessar a ponte e do alto ver os trilhos, ela sentou no banco do ponto esperando pela vã que a levaria pra casa, sentadinha bonitinha balançando as perninhas de tão miúda que é seus pés nem sempre toca ao chão, foi ai que do outro lado surgiu um “lobo mau” querendo se fazer de cordeiro foi se aproximando e falando que há esta hora não passa mais vã, Ela muito atenta falou que esperaria ate passar, o lobo mau sentou ao seu lado e começou a falar umas asneiras “estas que macho acha que mulher gosta” Ela querendo muito rir mais se segurando, pois metade dela estava com medo de estar ali com aquele lobo mau que no fundo ela não poderia prever a reação dele caso levasse um não de cara, nisto Ela foi enrolando o lobo que a convidou para a casa dele que era ali pertinho, ela brincando perguntou se ele não tinha medo de levar uma estranha pra casa dele que ele nem sabe o que a estranha poderia fazer.
O lobo olho se curvou pra traz e perguntou o que Ela poderia fazer, ela foi beliscando-o e falando que gosta de começar beliscando e que depois ia devagar mudando onde beliscar, o lobo achou que a presa já tava no papo, foi se chegando mais e falando de sexo, ela perguntou se ele tinha camisinha o lobo falou que não e perguntou se ela tinha, ela disse que não pois não saiu pra isto. Então ele insistiu falou que dava um jeito veio todo ovelha dengosa. Foi ai que veio a vã Ela fez sinal e entrou falando ao Lobo e antes de fechar a porta disse na próxima “tenha camisinha”

Dentro da vã rindo ainda de seu feito e feliz por ter escapado lesa das mãos do perverso lobo mau, foi quando um outro lobo mau que estava na vã olhou pra traz e perguntou a ela. Se ele não tinha camisinha, ela rindo respondeu, pois é nos tempos de hoje veja só e riu. O lobo mau[2] fez um sinal para o motorista que parou a vã rapidamente e pulou para o banco de traz, e veio já com tudo dizendo que tinha a camisinha se ela queria, ela perguntou onde seria o lobo[2] falou aqui mesmo, ela riu e disse que não gosta de platéia perguntou ao lobo[2] tinha celular, lobo[2] disse que não, ela lamentou “aa assim fica difícil marcar ate pra depois”...
Chegou seu ponto Ela pediu pra parar o lobo[2] tenta insistir e ela diz, na próxima “tenha celular”.

Moral da historia:
Quando não se sabe se pode contra faz o jogo
Não ande sem camisinha
Não ande sem celular
.

34 comentários:

Ingrid disse...

Insana,
valeu mesmo.. amei!..
isso é ter calma..
beijinhos amada..

Vanessa Souza Moraes disse...

Sempre acho interessante suas morais da história...

http://vemcaluisa.blogspot.com/

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre as tuas histórias falam e têem conteúdo, adorei esta dos lobos.

Beijinho com carinho
Sonhadora

feiticeira disse...

Sua história é bem gira Insana, muito interessante isso que você ensina menina, voçê tá ensinando a gente a se livrar do lobo mau, tem alturas que a gente não consegue distinguir se o bicho é mau ou não.
beijo

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Amiga,

Voltando das férias e passando para te deixar um carinho.

Tenha uma semana abençoada.

Gostei da história do lobo mal..rs

Eu nunca ando sem camisinha e sem celular..rs..gostei demais da "moral da história"

AC disse...

A vida está cheia de lobos sem classe... :)

Beijo :)

Dil Santos disse...

Insana minha linda, como está?
Menina, depois de eras sumido, estou de volta, rsrs.
Adorei ela, rs
Saudade de tu menina, rs
Bjo querida

Déborah Arruda. disse...

Adorei! Tem muita gente precisando ler isso.
Bjs

♥ Pri - NSNL ♥ disse...

oieeeeeee...insanna tem selinho pra ti no blog! bjok

Assis Freitas disse...

recriação pós-moderna, chapeuzinho vermelho de camisinha e celular,


beijo

Fa menor disse...

é preciso jeito para não cair no conto do bandido.

Alguém... disse...

Lobo é sempre animal mau, é preciso mesmo ter cuidado.

Beijinho*

Help disse...

Muito legal, gostei, rs!!!
Ela sempre se dando bem nas conversas. Bem espertinha, rs!

Beijos!

Colecionadora de Silêncios disse...

Menina, vc escreve super bem! Adorei o conto... e a moral da história foi genial. :))

Beijinhos

PS: Fiz um mimo para os amigos blogueiros, não sei se vc viu. Se não, passe depois lá no blogue e pegue-o pra vc, ok? Foi feito com muito carinho! Beijos :)

Braulio Pereira disse...

delicia é eu ter leitoras como tu..

adoro ler-te

obrigado

se feliz

sorri sempre

os lobos uivam toda a noite :)*

beijos!!

Phoenix disse...

adorei! miúda mais espera que aí tens na história..
beijinho*

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

As palavras
que fazem sorrir,
também
são capazes de ensinar...

Que sempre haja em tua vida,
sonhos por sonhar...

Everson Russo disse...

Interessante as mazelas da vida...grande beijo de bom dia pra ti querida.

Flor da Vida disse...

Ok. Sábio conto... Ótima leitura temos aqui. Carinhos... Bjsss

Machado de Carlos disse...

Dependendo da qualidade da “Chapeuzinho Vermelho", de nada valeriam; nem camisinha e nem celular. Tudo valeria à pena. Mas em mundos modernos todos são de todos e todo cuidado é pouco.
Um belo conto!

A.S. disse...

Camisinha e celular são duas coisas indispensáveis, que nos devem sempre acompanhar!!!


Beijo,
AL

Sandrio cândido. disse...

O visual ficou mais belo, e os textos lindos.

aldrey disse...

Muito bom!!Eu adoro um lobo mau kkkk
bjs

Lou Alma disse...

esta história lembrou-me que há cordeiros com pele de lobo e lobos com pele de cordeiro, o essencial é saber distingui-los. Quando percebemos isso, estamos seguras.
Gostei dos conselhos, demasiado importantes para serem esquecidos =),

beijinhos

Sandra Botelho disse...

Dependendo do lobo...Adoraria encontrar um por ai, mas bem munido de camisinha e celular...KKKKK amei.
Bjos achocolatados

Brisa disse...

Sorri ao ler o teu texto,mas desta história,transmites concelhos!

Beijo

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Gostei da nova versão de Chapeuzinho. Está certa, não pode ir se entregando a qualquer lobo matusquela e ainda por cima desprevenido. Não sabe nem caçar. Menina esperta ela. Beijos e parabéns

Dil Santos disse...

Oi minha linda, como está?
Menina, tava com saudade de vc, do blog, do povo, rsrs
Demorei mas voltei viu? rsrs
Bjão menina

A menina dona do diário disse...

Teu Blog é lindo e inspirador, belissímo texto *-*
amei o blog... estou seguindo e perseguindo...

Obrigada pela visita... (fiquei muito contente)

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

só sei uma coisa queria estar dentro deste conto

Chris... ჱܓ disse...

Um conto tem sempre aquele fundo moral no final...
É isso que os tornam interessantes.

Muito bom amiga.
Parabéns!

Amiga, obigada pelo carinho de sempre no meu cantinho.
Uma linda semana para ti.
Bjos!

Chris...

A menina dona do diário disse...

Belas palavras *-* amei...

Mudei o link do meu blog... atualiza no painel #please ;)
http://daniellymeloescritos.blogspot.com

Daniel Savio disse...

E se tem de estar preparado para tudo...

Fique com Deus, menina Insana.
Um abraço.

UIFPW08 disse...

Lindo poema
Morris