Quem sou eu

Minha foto
Mulher feminina autentica, Não tenho a intenção de me esconder somente não vou me poupar de palavras .

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Mais um ano


Mais um ano...
Uma primavera, um outono ou um inverno...
Tanto faz, na verdade é só mais um ano...
Hoje meu único pensamento foi em “Daqui um ano” terá sido só mais um ano??...

Sabe esta tudo tão no mesmo lugar, que até aquela poeira esta no mesmo lugar, poderia ser outra poeira, mas não é...
Poderia comemorar o fato de não ter voltado para traz... 
Será?? 
Afinal não ir adiante não seria uma forma de retroceder ??
Vivemos para o amanha, somos criados para o futuro... 
Onde esta o meu futuro...

Tenho observado constantemente pessoas indo ao “Adiante”, pessoas que eu conheço o passado pobre... vejo que muitas destas pessoas são levadas a este adiante por pessoas cujas já prejudicou... e eu pergunto-me... e eu??

Já andei por muitos caminhos... Fui
De boa menina a moça revoltada;
De mulher amante a dama recatada;
De doce menina a mulher meretriz...

Fui por um longo tempo boa filha, me anulando sendo boa mãe, buscando de uma forma ser re-aprovada... E nada aconteceu...

Tentei uma vida onde poderia viver livremente, leigo engano, a liberdade tem suas regras...
Sem evolução, fui saindo, sabendo porem sempre o caminho...

Tenho abusado da sorte, desafiado, ousado...
Quem sabe buscando o que foi conquistado pelos tais de vida pobre que falei...

Hoje que mais um ano se passa, e eu me vejo tão parada, tão igual...
Mudei a cor  de  cabelo...
Mude de ficantes...
Mudei o namorado...
Mudei os amigos...
Desfiz das migas...

Eles e elas não, sei lá bem por onde estão, e não é disto que e trata, “Eu” não andei, por mais que tenha caminhado... Sim... Muitas tentativas... O mesmo resultado...

"Aquele que vê o mundo aos 50 anos da mesma forma 
que o via aos 20 desperdiçou 30 anos de sua vida". 
Mulammed Ali..

3 comentários:

O Profeta disse...

Este pensador, viajeiro entre Sois
Esta Ave pousada em mil embarcações
Esbarco que passa sem vela ou remo
Esta arca repleta de vibrantes emoções

Esta mestiça flor de açafrão
Este ramo de espinhos cravados na mão
Esta alma que não ousa largar opinião
Este homem vestido de solidão

Boa semana

Doce beijo

poetaeusou . . . disse...

*
Virtual Amiga,
,
nas mudanças da vida,
onde rumo o meu retorno
nesta quadra festiva,
um Mar de Felicidade,
entre ondas de Saúde,
desejo-te,

Luzentes Conchinhas,
ficam.
*

Brisa disse...

Aqui está,o grito da tua alma!
Belo