Quem sou eu

Minha foto
Mulher feminina autentica, Não tenho a intenção de me esconder somente não vou me poupar de palavras .

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Dispensável

O grito de hoje é de um sentimento de tristeza ... vinda de um acontecimento onde mascaras se cai e o carinho se vai.
Vai parecer sem sentido para quem ler, mais as linhas abaixo é só para não deixar um espaço vazio neste meu momento de libertação.

Quando é que percebemos que alguém nos é dispensável ???
--- Quando os atos desta pessoa não mais nos abala.
Lógico que fica a decepção, pois aquela figura brilhante que tão pouco fez de bom e muitas magoas deixou, hoje simplesmente se tornou invisível.

Acho eu que quando estamos na vida de alguém é para fazer o bem, para ampliar seu horizonte, dilatar seus pensamentos e estender sua alegria sem isto se torna um abandono.
Quem abandona um outro alguém é por que não a conheceu e não a conheceu, pois jamais tentou saber descobrir o que lhe era falado, sobre o ideal.
Às vezes é difícil entender, isto por que seus ouvidos não estão voltados para a troca de palavras, quando não se escuta nem o silencio.
Dispensável é quando tem al alcance aquilo que não desejamos.

As palavras são ditas ao vento quando o sentimento de quem ouve esta apagado.
Assim que alguém se torna dispensável.

Não é à toa e a culpa não é sua (minha); è depois de muitas idas sem nem uma vinda.

"Há vários motivos para não se amar uma pessoa e um só para amá-la."
Carlos Drummond de Andrade

38 comentários:

EFS*** disse...

agora sim posso sussurrar! ^^

bem, há algum tempo tinha em minha vida que as pessoas não eram dispensáveis, e que eu sempre sofreria com a perda. Mas o tempo foi ensinando que muitas pessoas são SIM dispensáveis. Um dia você acorda e percebe que aquele(a) já não tem mais sentido e te faz mal... nada mais justo que apertar a tecla delete e reescrever a história...

*lua* disse...

É um dos seus sussurros mais agradável de ler ... extremamente verdadeiro e libertador!!! Cê tpa com tudo heim minha flor! Beijo

Inanna Demian disse...

Menina,

Eu já sou quente por demais!!! Preciso receber um Selo agora que diga: CONGELE A PIRIQUITA ANTES QUE ENTRE EM ERUPÇÃO!!!

Beijos, minha gostosa!

Volte sempre ao blog da LOBA!

Teus escritos estão cada vez melhores. Parabéns! Amo quando citam DRUMMOND!!! Fico de PAU DURÍSSSIMO!!!

SAM disse...

Querida Insana,

seu texto é uma realidade incontestável da primeira a ultima linha. E como se fosse escrito com milhões de dedos e corações. Parabéns.


Carinhoso beijo ( com mel! Rsrsrs)

Paulo Braccini disse...

a razão para se amar é sempre maior que todas para não se amar ...

bjux

;-)

tossan disse...

É dispensável comentar os sussurros de Drummond é fabuloso! Beijo

Cadinho RoCo disse...

Somos mais sempre mais.
Cadinho RoCo

Pelos caminhos da vida. disse...

Um texto bem dentro da realidade.

beijooo.

A Flor do Sul - Perah Hadarom disse...

Quem disse que és insana?
De insana na verdade nada tens, e sei que deves sofrer agora. Sei o que é, sei sim, já passei por isso, na verdade é algo que nunca se supera de todo.

Desejo-te apenas isto: que por mais que te sintas descartada, relegada a um canto qualquer na vida de alguém, algum imbecil, que saibas sobretudo te amar, porque é de nosso amor em primeiro lugar que necessitamos, amiga.

Qualquer coisa, estou aqui para ouvir, e meu e-mail está lá nos blogues, precisando de um ombro amigo é só pedir.

Boa noite e fica bem. Au revoir.

Wanderley Elian Lima disse...

Um grande desabafo. Sentir que alguém já não faz parte da nossa vida, as vezes é doloroso, mas necessário para seguirmos em frente.
Beijos

Ribeiro Pedreira disse...

"não quero a razão pois eu sei
o quanto estou errado
e o quanto já fiz destruir.
só sinto no ar o momento
em que o copo está cheio
e que já não dá mais pra engolir"

(Luiz Gonzaga Jr.)

Socorro disse...

Amiga, seu texto é simplesmente maravilhoso. É de chorar! - Acredite, mas tudo que você escreveu, já passei por isso. Quem abandona alguém, é por pura covardia! E quando só fazemos o bem, dividir todos os momentos bons ou ruins, parece que é pouco para quem está do nosso lado. Na verdade, as pessoas deste tipo que você descreve e que eu conheço, são incapazes de amar e de fazer o outro lado feliz.
Mas faz o seguinte: Segue a tua vida sem olhar pra trás. O passado se foi bom, foi somente para você. Somente você amou!
Dê o grito da liberdade, solta a sua voz, comece a olhar para os lados que verás que a vida é boa de se viver sem o passado.
O meu post de hoje, não me refiro ao meu passado e sim o meu presente!

Fique bem, beijos!

Luna Sanchez disse...

Isso mesmo : desabafa que a dor passa. ;)

Beijo.

ℓυηα

Pistoleiro Corvo disse...

Não se preocupe querida Insana..
Eu abri a janela, várias vezes.
A luz do sol me libertou e a chuva levou tudo o que foi necessário ser levado.

Tudo vai e volta. É a regra da vida.
Abraços, e fique bem.

Sonhadora disse...

Minha querida
Como eu compreendo o conteúdo desse texto...muito sentido.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Visão disse...

"Quando é que percebemos que alguém nos é dispensável ???
- Quando os atos desta pessoa não mais nos abala."

Eu sempre acreditei que somente as pessoas indispensáveis em minha vida tem a capacidade de me fazer algum mal e somente elas podem me machucar. E quando elas deixam de indispensáveis elas passam despercebidas diante de nossos olhos.

A.S. disse...

O amor é a suprema forma de partilha!
Quem não entende isto, jamais será capaz de amar...


BeijO
AL

poetaeusou . . . disse...

*
eis,
um sussurro gritado,
ecoando,
num grito sussurrante !
,
Conchinhas, deixo,
,

A Magia da Noite disse...

o vazio sempre se preenche, nem que seja com a dor da alma.

Everson Russo disse...

Na vida minha amiga,,,temos mesmo que fazer esses desabafos,,,mostrar pro mundo quem somos,,,que se o amor nao deu certo,,vamos em frente,,,vamos a luta,,,pode até doer....beijos de lindo final de semana

Pena disse...

Linda e Estimada Amiga:
"...Acho eu que quando estamos na vida de alguém é para fazer o bem, para ampliar seu horizonte, dilatar seus pensamentos e estender sua alegria sem isto se torna um abandono.
Quem abandona um outro alguém é por que não a conheceu e não a conheceu, pois jamais tentou saber descobrir o que lhe era falado, sobre o ideal..."

A minha pequenez abrange e abarca o seu gigante sentir. Sinto-me, humildemente, como um distribuidor de felicidade. Não por imposição, mas por devoção.
Ninguém é dispensável. Penso que todos temos valor.
VOCÊ é não dispensável, pela ternura e encanto como sonha e sente com extraordinária pureza, encanto e beleza terna o que sente e faz sentir. A vida marca-nos, sabe?
O que pensa então?
Alguém lhe fez mal? Ninguém "comanda" os sentimentos das pessoas, sabe?
Acredito que aquele com quem sonha e é amigo terá que justificar-se perante si. Pelos actos. Pelos gestos. Pelas atitudes.
Somos livres. Bem livres. Sob o irreal ou real poder do Criador que nos comanda lá do alto.
Um delicioso e soberbo texto de deslumbre e maravilha, a sua capacidade literária e de sentir a vida fluir de forma cristalina e gigantesca na sua dimensão pessoal e humana. Perfeita.
Beijinhos de pura amizade sincera.
Bem-Haja, pela visita que adorei.
No maior respeito e admiração SEMPRE!

pena

MUITO OBRIGADO pelo sucinto comentário no meu blogue, mas precioso que adorei.
Bem-Haja, magistral amiga de sonho.

Jorge Pimenta disse...

há, na verdade, um só motivo para se amar uma pessoa. fixemo-nos nesse e não em todos os outros que reclamam que a desamemos...
um beijinho!

J Araújo disse...

Carlos Drummond, é até difícil comentar o que é dito sobre ele. Um dos grandes escritores brasileiros.

As vezes nem sempre podemos dizer que alguém é dispensável ou não. Muitas vezes o que é indispensável hoje, amanhã pode não ser. É um pouco relativo.

Ah, obrigado pela passagem lá em meu blog.

Bjs

Vozes de Minha Alma disse...

Amiga Insana, é difícil discorrer sobre algo que está fechado em teu coração.
Mas quando uma pessoa se torna dispensável, é respondida por ti mesma:

"Quando é que percebemos que alguém nos é dispensável ???
--- Quando os atos desta pessoa não mais nos abala."

Um beijo em teu coração, um abraço.

Marcos Campos disse...

Há pessoas sim que somente "passam" pela nossa vida, mas a gente sempre tira proveito disso, por pior que seja, algo fica de bom!
Beijo!

Alguém... disse...

Teus pensamentos estão correctos e fazem-me pensar...

Um beijinho

sonho disse...

Há pessoas perfeitamente Dispensaveis em nossas vidas...mas...quando um dia foram importantes...e hoje se tornam dispensaveis...nunca há só um culpado...
Bom fim de semana
Beijo d'anjo

Vanessa Souza Moraes disse...

Não há culpados, apenas responsáveis.

Caminhos Poéticos disse...

Poesia
É emoção
É afeto, é amor.
É amizade.
É sentimento com cor!


Um Fds carregado de poesia e emoção!
Agradeço sua amizade e carinho...Beijo grande...M@ria

Miss Pauleth disse...

Concordo, quando uma pessoa entra na vida de alguém é para fazer o bem, seja em qualquer tipo de relação.
Gostei do que você escreveu. Nos faz pensar bem!

meus instantes e momentos disse...

não existem culpados, existem situaçoes, pontos de vista...
Maurizio

intervalo disse...

Bom dia querida,desculpe ausência.Lindo texto,grito profundo da alma,em nosso caminhar temos os gritos tristes,mas também de alegria ...estamos sempre fazendo a travessia,importante é as coisas que aprendemos e a capacidade de sempre amar.


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares.
É o tempo da travessia
e se não ousarmos fazê-la
teremos ficado para sempre
à margem de nós mesmos.

ANDRADE, Fernando Teixeira


Beijoss com carinho,feliz fim de semana.Lia...

Everson Russo disse...

Otimo sabado pra ti amiga....beijos

Lobo Cinzento disse...

Todos são substituíveis.

Absolutamente todos. Ninguém preenche o vazia da mesma forma, mas qualquer um é capaz de preenchê-lo, ao seu jeito. Um beijo Insana!

Amanhã posto a foto do tênis XD

Arnoldo Pimentel disse...

Tem um presente pra você no meu blog
ventosnaprimavera.blogspot.com
Espero que goste do selo, se puder visite e siga os blogs que estão indicados lá, são todos blogs amigos.
Feliz fim de semana

OutrosEncantos disse...

Insana, fico contente por teres encontrado teu caminho.

Beijo.

Sandra Botelho disse...

Querida a culpa sempre é arrastada por nós como correntes, e pesa...
melhor não culpar e nem se sentir culpada...
Passa lá em meu blog, pois junto comigo foste insultada por lá.
Bjos achocolatados

Daniel Savio disse...

Menina, pessoas entram e saem de nossa vida, mas nunca podemos nos abandonar (aqueles ideias que procuramos para a nossa vida)...

Fique com Deus, menina Insana.
Um abraço.