Quem sou eu

Minha foto
Mulher feminina autentica, Não tenho a intenção de me esconder somente não vou me poupar de palavras .

sábado, 4 de junho de 2011

Sem "O" depois

O silencio que antes me doía hoje me acalma, estou em um profundo silencio há algum dia talvez tenha sido pelo problema que passei “não encontrei palavras para expressar os sentimentos” por isto a dias não escrevo, não podia cair, me mantive de pé e em movimento, pouco dormia e com poucos falei.

O problema não passou digamos que esteja em espera, sabe aquilo que vai acontecer sei lá quando. Então é assim. Agora é hora de ter a atenção e ir tentado adiar, quem sabe assim vai ficando pra depois e depois, ate que o depois esqueça de chegar.

O silencio se mantém me afastei e afastei uns, uns que não me fazia diferença, uns que não tinha o porquê, uns que era só mais um; por alguns fui interrogada, por outros fui julgada e teve os que me punisse. Mais eu continuei a ser eu.

Eu.... sou aquela flor só se curou depois de conhecer o Doutor beija flor..
Sou aquela bela que sabe virar fera..
Sou complicada por ser mulher...
Sou sensível por ser sensível a mim...

Sou o grito sentido
Sou o silencio oprimido

38 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida

O silêncio...é o grito por acontecer...a despedida por fazer...as
palavras por dizer...ou talvez o grito que não se quer ouvir...a
dor que não se quer sentir.

Tinha saudades de te ler.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Respirando entre palabras. disse...

Precioso!
Siempre detesté esos benditos silencios; pero hoy puedo asegurarte que en algunos aspectos son tan necesarios...
Grita, silencia, pero siempre que lo hagas, sea porque TU lo deseas, no xq alguien silencie tu voz.
Besitos

Ingrid disse...

o que importa é ser você,em qualquer circunstância..
assim já vale e facilita a superação..
beijos linda Insana

♫ ♪ Wilson ♫ ♪ disse...

Querida amiga,

Estive ausente dos blogs e aos poucos vou retomando as visitas e comentários. Espero que tudo esteja bem com você.
Eu bem sei que os problemas estarão sempre ao nosso lado esperando que que receba mais atenção do que realmente é devido. Mas temos uma força enorme dentro da gente que nos faz acreditar que o que virá depois será sempre amaparado pela esperança do melhor que agora. Está em nossas mãos lidar com eles da melhor forma possível.

Torço muito por você!

Deixo o meu abraço com carinho e o desejo que você encontre a paz que merece!

Deus seja sempre a tua luz

Fragmentos

Ana disse...

Que lindo....vai para o meu blog
Um beijo minha querida, fique em paz!

Reflexo d'Alma disse...

Querida, para agitar e animar voce venho ler seus textos,
venho convida-la pra ler um autor textos que adoro e que posta na minha pagina de onde reúno amigos, passa lahttp://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com/2011/05/de-volta-casa-parte-iii.html
Nesse mesmo espaço voce lera a entrevista do pedro Bravo, uma delícia de pessoa.
E ainda vai na esquerda da tela e pega o selo lindo que preparei pra nos e tras pra ca, pra lembrar que sempre ha o depois.
Anomo.
Adoro ler voce.
Bjins entre sonhos e delírios
Te espero!

Nilson Barcelli disse...

Prefiro que continues a ser o grito sentido. Sempre...
Querida amiga, bom fim de semana.
Beijos.

Hapi disse...

Obrigada!
Então que se passa?

manuela baptista disse...

seja o grito, sim!

um abraço

manuela

Machado de Carlos disse...

Às vezes é bom perder-se, pois procuramos o retorno certo e aprendemos o caminho.
O silêncio quase sempre maquiado de solidão faz pensar; algumas perguntas ou respostas para a melhoria da alma.
Quando estava sozinho, brincava de escrever, a escrita quebrava o meu silêncio ou esquecia a TV ligada; - dava a impressão de que nunca estava sozinho.
Na maioria das vezes, mesmo partícipes de uma multidão, estamos sós. Somente nossos pensamentos nos fazem companhia.

Tudo de bom para você!
Escreva sempre! É adorável ler você.
Obrigado sempre pela sua companhia!
Beijos!...

Everson Russo disse...

As vezes precisamos desse silencio,,,desse hiato no escrever, no sonhar,,,mas enfim,,,tudo volta a cor,,,em pouco tempo volta se a sonhar,,,grande beijo de lindo final de semana pra ti.

MOISÉS POETA disse...

Bom vê-la de volta .
e tomara que esse ¨depois ¨ que te fará mal nunca venha mesmo.

beijaço, querida !

Arnoldo Pimentel disse...

Estava com saudades de suas visitas, você sempre soube escrever e passar o que sente ou pensa, o silêncio às vezes ajuda, se nos escondemos em nós mesmo temos a real possibilidade de nos conhecer, aceitar ou não aquilo que está acontecendo, aceitar ou não o que nos fere.Beijos

Paulo Jorge Dumaresq disse...

Olá, Insana.
Cá estou de volta.
O esperado "depois" pode ser também o "hoje".
Curta o "agora" e liberte-se de seus fantasmas interiores.
Como? Apostando na felicidade.
Bjs, querida.

il monticiano disse...

Ciao Insana. Sono riuscito a tradurre con Google traduttore il tuo commento al mio ultimo scritto dal "portoghese"(?) in italiano.
Molte grazie per le tue parole.
Grazie,
bjs aldo.

Iara disse...

Oi! Passei aqui pra agradecer teu recado e mandar um beijo!
Então, essa questão de sumir...eu desapareço demais...aprendi com o tempo que preciso sumir para me reconstruir ...se eu fosse como os outros, (e isso não parece ruim), eu não precisaria sumir tanto...mas as coisas do mundo me desgastam e preciso sumir para trocar de pele e voltar...cada vez volto mais cinica...é o preço..
beijossssssssssss

Amor feito Poesia disse...

Cada dia que de presente recebemos
É mais um sonho que temos
De ver o sol para todos brilhar
Neste universo nos dado para amar.

Ataíde Lemos

Feliz Semana...Beijos meus! M@ria

Fa menor disse...

Um dia atrás do outro sempre a se melhorar.

Erótica.plus disse...

Os problemas sempre existirão, os julgamentos sempre acontecerão, mas o que importa mesmo é o que vc faz com tudo isso. Continue sendo vc mesma, mantenha-se firme em seus principios e em paz com tua consciência, e o resto... Vivem só de suposições. bjs e boa sorte.

Everson Russo disse...

Uma semana maravilhosa pra ti minha querida amiga,,,beijos e beijos e beijos.

Maira disse...

Palavras que vem do coraçao da alma...
Quem nunca teve que dar tempo ao tempo....p as feridas ou tristezas se curarem.....kda um sabe o seu momento de se ergue as vezes é preciso ficar em silencio p/ saber qual movimento se deve fazer p se erguer como um sol que brilha e aquece todos os coraçoes,sem fazer limitaçoes...bjos insana e nao some nao vc faz falta

AD disse...

obrigado pelo carinho e que seus gritos e sussurros voltem a todo vapor.

Jorge Pimenta disse...

querida amiga,
nunca tive medo dos silêncios. e olha que tantas vezes receio as palavras...
um abraço sentido!

Por que você faz poema? disse...

O silêncio, sempre, me acalma.

мαgηóℓια disse...

lindos poemas amiga bjs.....

Alguém... disse...

Somos aquilo que aprendemos e erramos.

Beijinho*

Evanir disse...

Amei seu blog e já estou seguindo você.
Suas postagens são lindissimas .
Um abraço carinhoso ,Evanir.

Long Haired Lady disse...

existe a hora de gritar, a hora de ficar em silêncio, a hora de amar, a hora de chorar, tudo tem seu momento…

estava com saudades…
beijo!

Nina Pilar disse...

entre gritos e sussurros
descobrimos uma cascata de sentimentos e emoções
espalhadas dentro do teu blog,

adorei!

beijo grande

feiticeira disse...

Entre o silêncio e os gritos ficam os espaços do ser.
Obrigado pela sua presença no meu livro de feitiços.

Dil Santos disse...

Insana querida, como está?
Menina, nunca me identifiquei com o silêncio, ñ faz parte de mim, rsrs.
Ai menina, saudades tbm de tu. Eu fiquei tbm um tempo sumido, mas aos poucos fui voltando e reconquistando o meu lugar aqui, rsrs
Não suma heim? Volte logo e nos delicie com suas palavras, rs.
Um bjo menina

•● ʝµℓΐձ......λ Ðձη¢ձrΐηձ đσ λbΐહறσ ●• disse...

sempre um prazer imenso vir aqui...

beijos com carinho

da juh

Malu disse...

Amiga,

Que seus gritos e sussuros sejam
sempre assim ,... belos e intensos.


Bjo Grande e um Dia de Paz.

Sandra Botelho disse...

por vezes necessitamos do silencio , para novamente termos força para o grito, Que bom que voltou querida, senti sua falta.
beijos achocolatados

Déborah Arruda. disse...

Senti falta de seus escritos e comentários durante esse tempo.
Intensa sempre, não é?
Quando a gente silencia por um tempo, o grito volta mais alto, ou dependendo dos entornos, mais abafado.

A.S. disse...

O peito apertado
O punho cerrado
O choro contido
O corpo oprimido
O sorriso rasgado
O medo abafado
O tempo perdido
O futuro anulado
O presente vencido
A angústia velada
A vida adiada
A palavra interdita

Esquece o teu espanto
Liberta o teu canto

GRITA!...


Para ti... com um grande beijo!
AL

Flor da Vida disse...

Amada, assim é a nossa vida... Parece-me que estamos sempre engaioladas em nós mesmas...
Mas seu poema demonstra uma incrível força, e isso me faz crer que com certeza você é e sempre será vencedora!
Aplaudo-te sempre!!!

Deixo carinhos mil pra ti...
Beijos

Mauango disse...

Como vai VocÊ, os oceanos cantam no som do mar a saudade, e ela deve ter o seu nome. Abraços